Liberal Libertário Libertino Get Alex Castro Electronic Book FB2

  • Posted on: 1 February 2016
  • By: admin
Ebook's Language: Portuguese Book Format: RTF, DJVU, FB2, TXT, PDF, iBook, ePub, MOBI, DOC
Liberal, Libertário, Libertino
.
Book's Rating:
10 ratings
Stars Rating: 3.90 of 5 stars
Book Info: ebook, 158 pages Book's Category: "Uncategorised"
Book Tags: Published First Time: (first published July 15th 2007)

Ebook Review:

As melhores crônicas de Alex Castro, originalmente publicadas na Tribuna da Imprensa e no blog Liberal Libertário Libertino, entre os anos 2003-2007. Inclui as aventuras do autor e de seu cachorro, Oliver, durante o furacão Katrina, em Nova Orleans.
Trechos
O Que Você Gosta de Ouvir?, Me Perguntou Um Amigo
Eu: Mulher rindo. Alho refogando. Zíper abrindo. Ondas quebrando. Gem As melhores crônicas de Alex Castro, originalmente publicadas na Tribuna da Imprensa e no blog Liberal Libertário Libertino, entre os anos 2003-2007. Inclui as aventuras do autor e de seu cachorro, Oliver, durante o furacão Katrina, em Nova Orleans.
Trechos
O Que Você Gosta de Ouvir?, Me Perguntou Um Amigo
Eu: Mulher rindo. Alho refogando. Zíper abrindo. Ondas quebrando. Gemidos de gozo. Criança brincando. Dois sapatos caindo no chão, um depois do outro. O apito do sorveteiro que passava pela minha casa. Passos descalços no chão frio. “Eu te amo, Alexandre.” O Oliver latindo quando chego em casa. Saltos altos no mármore. Máquina de escrever elétrica. Pisada forte de mulher decidida. Apito do recreio. Pernas femininas, vestidas de couro ou latex, roçando uma contra a outra enquanto andam. Suspiro saciado de prazer. O telefone me acordando de manhã.
Ele: Não. Eu quis dizer de música.
Eu: Ah.
Saindo do Armário
É ao me revelar que descubro que vai bailar comigo e quem vai se encostar na parede. É ao me mostrar que descubro quem vai me dar as mãos nessa viagem e quem vai estancar na encruzilhada. Não tenho medo de rejeição. Ser rejeitado pelas pessoas pequenas só faz bem. Os pequenos se afastarem de mim por conta própria me poupa o trabalho de espantá-los a pauladas. Troco alegremente a rejeição dos pequenos pela aceitação dos grandes.
Manifesto Libertário: Sejam Grandes
Tudo o que eu quero é abrir os seus olhos, nem que apenas por um segundo, nem que você discorde de mim, para o fato de que o mundo, como ele é hoje, não é uma construção unânime. O próprio processo histórico se encarrega de eliminar todas as possibilidades alternativas, todos os caminhos que poderiam ter sido percorridos e que não foram, até gerar a ilusão de que o modo como as coisas são é o único modo como poderiam ter sido. Mas não é verdade. Existem vozes dissidentes, existem pessoas que pensam diferente, existe a possibilidade de viver uma outra vida, sem mesquinharias, tribalismos, religiões, maniqueísmos, preconceitos, prisões. Mais ainda, sem esqueminhas mentais dogmáticos e pré-fabricados, que almejam explicar tudo com suas formulinhas, mas que só conseguem embotar o pensamento humano, como o marxismo e o cristianismo.
Ser pequeno, mesquinho, preconceituoso, ressentido, invejoso, tudo isso é muito fácil. E muito tentador. O desafio que lanço aos meus leitores é outro: sejam grandes!

Categories: